BLOG

Pequenas reflexões

Estava pelo Centro, fotografando a modelo Luciana Martins, em um ensaio com a pegada mais book / moda, precisamente estávamos na região da Luz, começamos na belíssima Estação da Luz, que por dentro é linda e por fora é o caos, e terminamos o set na Passarela das Noivas.


Entre uma troca e outra da Luciana, em cima da passarela, sob a avenida Tiradentes, olhei um cenário do trânsito sentido Centro e a avenida mais livre sentido bairro. Ao fundo, o belíssimo edifício Altino Arantes, o Banespão, imponente em relação aos demais prédios. Olhei para as minhas mãos e estava com a minha D810 com uma 85mm, aquele cenário, uma luz incrível, poderia fotografar tranquilamente em f 11 ou algo assim e ter um belo foco no infinito. Não pensei duas vezes, e dei um, dois, três cliques.


Chegando em casa, descarregueis as fotos da Luciana, e no bolo, vieram as três fotos do cenário. Abri rapidamente no Photoshop, mudei as cores, corrigi as sombras, uma edição de aproximadamente um minuto e salvei. Fiquei olhando a foto, eu já tinha feito uma foto similar à essa, no mesmo lugar, com um celular há uns quatro ou cinco anos e era idêntica. Observei a arquitetura, observei tudo no cenário.


Não fossem os carros no trânsito, seria uma foto totalmente atemporal, qualquer desavisado poderia olhar e dizer que fora tirada nos anos 80, 90, 2000, 2010 ou 2020! Talvez os grafites tenham dado lugares às grandes propagandas que estampavam os prédios no século passado, e hoje, são proibidas pela prefeitura. Mas é curioso pensar que esse cenário é o mesmo por várias décadas, com exceção da passarela a qual eu estava, que fora inaugurada há uns vinte anos, talvez.

De frente para o Centro
De frente para o Centro

Curioso pensar que passei por várias por essa avenida durante os meus 42 anos e nunca tinha reparado como nada mudou, e muito provavelmente, nada mudará. Sempre que vejo algum filme que mostra a época em que eu cresci, como os anos 80, por exemplo ("Strange Things", "De Volta Para o Futuro", etc.) sinto uma nostalgia das cores, da sensação, do cheiro que essa época tinha. Porém, alguns lugares estão intactos, para voltarmos para o passado, basta visitá-los.


#reflexao #saopaulo #rua #nikon