BLOG

Fazendo Pose 017

Que tal começar a semana com uma pose nova, para você experimentar, e de quebra, ganhar uma dica bacana de como os ângulos em que a câmera atua, influenciam no corpo da modelo?

Janis Vitti

Fiz essa sessão em São Paulo, no Tatuapé, com a modelo Suicide Girl, Janis Vitti. O set foi feito para ser publicado no site Testosterona, do Edu, e a Janis teve a ideia de fazer algo temático com futebol americano, um esporte que anda em alta pelo Brasil. Por isso essa produção bem bacana e original, com a pintura no rosto, meião e a bola oval, do esporte estadunidense.


Antes de darmos sequência na pose da nossa amiga, farei um parênteses em relação a dois modos clássicos de enquadramento no cinema: plongée e contre plongée. Brasileiristicamente conhecido como "mergulho" e "contra mergulho". Deixando de lado o cinema e falando de fotografia, o mergulho nada mais é do que quando o fotógrafo faz a foto de cima para baixo, em relação à modelo. Com a câmera acima. O contra mergulho, como você já pode imaginar, é o oposto, quando a câmera está de baixo para cima. Ao fazer uma foto / retrato de alguém em mergulho, saiba que você trará ao espectador a ideia de submissão. A modelo estará submissa ao olhar de quem vê a foto, além de ter a distorção de "atarracar" o corpo, deixando a cabeça maior em relação ao tronco.


No caso dessa foto da Janis, fui ao contrário, parti no contra mergulho, para trazer a imponência dela! Da mesma forma que mergulho alonga a cabeça, o contra mergulho alonga as pernas e isso fica evidente na foto acima. É um artifício muito usado na moda, sendo que se você estiver com lente grande angular, conseguirá uma distorção maior ainda dos pés! Eu estava com uma 35mm e consegui uma distorção mais natural. Nossa modelo tratou de deixar o pezinho da esquerda na ponta, alongando mais ainda sua perna, terminando no bumbum empinado.


A iluminação veio toda da janela. Janis me pediu um ensaio clarinho, bem branco, com tonalidades a la Suicide Girls, então deixei estourar a luz lá fora, para dar essa sensação mais de "sonho". Reparem como a luz entra pintando a coxa esquerda da nossa amiga, a mão e o braço direito. "Psiu!" e Janis olhou para trás, me procurando. O cabelo sendo contido pela mão direita serviu de duas formas: realmente segura-lo, para poder ver o rosto da modelo na nossa foto, e para trazer aquela sensação de sensualidade (além de satisfazer meu TOC de ver as duas mãos na foto).


Dito tudo isso, só resta a você experimentar essa pose. Aliás, coloque sua câmera / celular no chão, faça uma foto, depois, coloque em um lugar alto e refaça. Compare como seu corpo muda. Caso você queira a foto sem nenhum efeito de corpo, basta deixar a lente na altura dos olhos da modelo. Então olhe a foto comentada abaixo e experimente! Bons estudos, boas fotos e fique em casa!

Janis comentada!

#fazendopose #pose #suicidegirls #janisvitti


Fernando De Santis - Todos os direitos reservados

fotografia | sensual | ensaio