BLOG

O que fazer na quarentena?

Quarentenou! Pois é... estamos presos, em casa, algo totalmente inesperado aconteceu esse ano. Uma pandemia nos colocou reféns de um vírus, que vem matando milhares de pessoas pelo mundo. Enquanto a ciência não encontra um caminho para resolver esse problema, temos que evitá-lo do jeito mais rudimentar possível: nos escondendo e mantendo o máximo de higiene possível.

Carol Trevisan na minha mira

E o que fazer nesse período de ócio? Você, fotógrafo(a) ou modelo? O que fazer? É claro que muitos estão trabalhando em home office ou trabalham em serviços essenciais e não têm ócio. Mas se você está olhando para o teto, desejando fotografar ou ser fotografada, o que fazer nesse tempo?


Eu sou modelo!


Se você é modelo, ou aspirante a modelo, ou simplesmente gosta de ser fotografada, você pode fazer algumas coisas nesse período. Recentemente criei um "jogo" no meu Instagram, em que as moças me enviam fotos feitas por elas mesmas, sensuais, nessa quarentena. Aliás, esse é um bom jeito de você descobrir seus ângulos, seu corpo. Sair um pouco daquele selfie de cima pra baixo (mergulho), fazendo biquinho. Use o modo de timer do seu celular, apoie-o em algum lugar e faça poses. Coloque para disparar depois de dez segundos, você terá tempo de se arrumar antes do clique. É meio cansativo, apoiar o celular, olhar o que ele está pegando na foto, fazer a pose, voltar, e repeat, mas não deixa de ser um exercício físico também nesses períodos de ócio.


E as dicas são aquelas de sempre: quebre a cintura, faça o "S" no seu corpo, empine o bumbum, encolha a barriga, pontas dos pés, pés de bailarina, mexa no cabelo, desvie o olhar, leve as mãos para onde desejar chamar a atenção na foto.


Além disso... que tal navegar pelo Instagram? Ver fotos de outros fotógrafos, de modelos, de moças que têm comportamento similar ao seu? E dar aquela passadinha no Pinterest, fazer uma coleção de fotos referências que você poderá usar quando for fazer suas fotos, ou quando for me chamar para fazer o seu ensaio (hehe).


Não deixe de olhar uma velha referência que infelizmente perdeu importância, mas é um grande celeiro de ideias e ótimos artistas: revistas de moda, revistas "masculinas"... você sempre terá boas referências nesse tipo de material.


E anote tudo! Crie um roteiro, um script de como você gostaria que fosse sua sessão de fotos! Poses que gostaria de fazer, o que gostaria de estar interagindo nas fotos...


Eu sou fotógrafo(a)!


Muitas das dicas que dei para modelos, servem para fotógrafos: vá ver fotos! Vá ver o Behance, Instagram, Flickr, 500px, sites de fotógrafos consagrados. Vá ler livros, não apenas livros com fotografias, mas livros que discutem fotografia. Quer uma dica? "Sobre Fotografia", de Susan Sontag (Companhia das Letras). Leia e releia! E veja fotolivros também, artistas da área que você gosta e de área não atua. Porque não? Temos a internet na mão para beber todas essas referências.


Além disso, que tal estudar? Como sempre digo: ter uma 50mm, colocar em f 1.8 não te faz um fotógrafo. Pegue sua câmera, seu flash, pegue os manuais de usuário na internet e debulhe seu equipamento. Entenda todas as funções. Parece ridículo falar isso, mas tem gente que não sabe para que serve metade das funções que a câmera tem, e mesmo assim, tem uma full frame ultra top na mochila. E estude teoria, estude luz, tem ótimos livros no mercado. Quer uma dica? "Luz, Ciência e Magia", da editora Photos. Vá entender como funciona o flash. Chega desse papo de "Ai, só fotografo com luz natural!". Balela! É que tu não sabe fotografar com flash! Renato Rocha Miranda tá com um e-book fodido desse assunto. Clique aqui para comprar! E não, não recebi nada com essas indicações, tô indicando material bom!


Pratique! Pegue sua mãe, seu cachorro, sua sogra! Fotografe quem estiver em casa. Não precisa ser super produção, mas veja como a luz se comporta. Peça para a pessoa ficar a 45 graus da janela, depois ficar de frente. Experimente! "Ah Fernando, mas eu moro sozinho!". Pegue bonecos de pelúcia, veja como a luz incide sobre as formas. Veja como a abertura da sua lente influencia no resultado do que está em foco.


Veja filmes e séries! Preste atenção nos enquadramentos, nas cores! Existe um cara lá, diretor de fotografia, que está no set só para fazer isso! Assista o filme "Roma", no Netflix, preste atenção na fotografia, pause o filme, analise as cenas. Repare no movimento da câmera, se teve corte ou não...


Resumindo


Nesse período de quarentena, por mais que não possamos fotografar, você pode sim desenvolver sua arte, seja como modelo ou como fotógrafo. Basta aproveitar esse período de forma produtiva. Mas não se cobre muito. Aproveite esse tempo para se alimentar bem, dormir bem, meditar, jogar videogame, escutar música, cozinhar... tudo isso te fará bem também.


Ah sim, e se possível, fique em casa e lave as mãos! Logo estaremos na rua, fazendo arte!


#ensaio #quarentena

Fernando De Santis - Todos os direitos reservados

fotografia | sensual | ensaio