BLOG

Como a foto foi feita?

As pessoas às vezes me perguntam como uma foto foi feita. Tecnicamente e não tecnicamente, como foi o planejamento, aonde foi feita, etc. Contarei eventualmente aqui, no blog, a história de alguma foto que desperte curiosidade.

Giovanna Chiaroni antes de aprontar

Essa foto da Giovanna Chiaroni levantando a saia e mostrando o bumbum, foi fruto da cabeça da modelo. Certo dia, fazendo um ensaio street, ela mencionou que havia visto essa ideia no instagram de uma outra moça (que confesso não lembrar o nome) e considerou fazê-la. O interessante desse registro, é faze-lo em algum lugar que crie a curiosidade de quem está observando a foto, senão, fica uma foto normal. Levantar a saia em um quarto ou numa praia, não teria o mesmo efeito do que levantar a saia e mostrar o bumbum na av. Consoloção, de frente para a praça Roosevelt, no Centro histórico de São Paulo.


Estava com uma Sony a6000 na mão (pois é, nada de full frame nesse dia), munido apenas com uma lente Sigma ART 30mm, f 1.4. Com o fator de crop, essa distância focal aumentou para 48mm. Para rua, retrato, praticamente 50mm, estava mais do que bom! Tentamos em dois momentos esse registro: uma vez com a modelo de frente para o túnel, ao lado da praça, com o rosto virado para o fluxo de carros, ou seja, nenhum motorista viria o bumbum dela (só se olhasse pelo retrovisor). E depois partimos para o lado, em frente à praça, onde fizemos então essas fotos que estão aqui, no blog.


Pensei em colocar o grafite no prédio como background. Com 50mm de distância focal, fui lá meus 3 metros de distância da modelo, sentei no chão, para fazer esse contra mergulho (de baixo para cima), de forma que pegasse um pouco o chão e tivesse uma boa sobra na foto mostrando o grafite do prédio. Os carros e ônibus são elementos que despertam a curiosidade no registro, afinal, tinham muitas pessoas passando pela rua no momento, mas em todo caso, era um clique muito rápido! Medi a foto com f 2.2, afinal, queria que a Gio estivesse em destaque e não se misturasse ao fundo. O ISO estava em 200 e a velocidade, 1/3200s. Não tinha como sair tremido, e como ela estava embaixo de uma árvore, a luz veio difusa, sem necessidade de flash ou coisa do gênero, para matar sombras. Em relação à pose, bastou ela fazer pontas dos pés para definir a panturrilha e o bumbum, fez uma carinha mais divertida na segunda foto, e para completar, o contra mergulho à deixou mais alta.


Um vez fotometrado, a foto da Gi com o vestido para baixo foi feita! Ela de costas era uma foto normal e não despertava atenção dos transeuntes. Fiz a foto e pedi para ela levantar a saia. Dois segundos e fiz o clique. Ela abaixou a saia. Ouvi uma moto buzinar ao fundo, talvez tenha visto algo, talvez tenha sido coincidência, mas o registro foi feito sem maiores complicações, graças ao ponto que encontramos com ela de costas para a avenida e pela coragem da modelo.

... e a foto final!

#giovannachiaroni #comofoifeito #foto

Fernando De Santis - Todos os direitos reservados

fotografia | sensual | ensaio