BLOG

Com que roupa eu vou?

"Tá ok, Fernando... vamos fazer, mas... com que roupa eu vou? Qual roupa eu levo?". Essa é pergunta feita por todas as moças que fecham uma sessão comigo. Muitas dúvidas surgem na cabeça de quem nunca fez ensaios sensuais, afinal de contas, é algo novo na vida da moça, mas ao mesmo tempo é algo muito fácil de se resolver.

Isabela Faria, numa pegada mais requintada.

Quando você fecha uma sessão comigo, dou várias tarefas para você executar, e uma delas, é separar referências de fotografias minhas, ou de outros fotógrafos, para eu conhecer o seu estilo / gosto nessa área. Não significa que copiaremos as fotos, eu peço esse material apenas para entender o que você acha de bacana no sensual, e muitas vezes, as informações de qual roupa ir e usar, partem dessa tarefa.


As clientes acabam caindo para quatro linhas de vestimentas:

- Requintado: rendas, cinta liga, meias, saltos e body de rendas;

- Casual: calcinha e camisetinha, biquíni, body;

- Blogger: shorts, camisetinha, maiô, vestido;

- Nu: como o próprio nome já diz, nudez.


Nada impede que a moça escolha os quatro segmentos para a sessão de fotos dela, aliás, é muito comum, escolher dois ou três, mas em geral, acabam sempre tomando uma linha do tipo "requintado e nu" ou "causal e nu", por exemplo. Dificilmente uma moça escolhe requintado e casual, são estilos antagônicos. Não que a mulher não possa fazer isso, mas quando você se prepara para um estilo mais requintado, você pensa em cabelo, maquiagem mais marcada, etc., e o casual já é algo mais despojado, cabelo preso, bagunçado, maquiagem mais sóbria, com uma pegada bem dia a dia. Aliás, se me perguntarem, eu sou muito mais fã do estilo casual, o estilo que eu aprendi a gostar vendo as sessões de ensaios da revista TRIP.

Carol Seoane mais casual

"Tá Fernando e quantas trocas?", logo depois vem essa dúvida. Ao contrário de muitos fotógrafos, eu não limito as trocas de roupas: se tu quiser fazer dez trocas em uma hora, você praticamente só vai se trocar e não tirará fotos, então eu aconselho algumas trocas versus tempo.


Por exemplo: uma sessão de uma hora, recomendo duas trocas, sendo meia hora para cada produção, porém, dá para fazer três trocas, sendo vinte minutos cada, desde que a moça não perca muito tempo fazendo a troca. Tem mulheres que demoram quase DEZ MINUTOS para se trocar. É tempo de cliques perdido! Para duas horas de set, da para pensar então em quatro produções de meia hora cada, com muita folga.


Na realidade, acho que quatro trocas é o máximo para uma sessão, a menos que você represente uma marca de roupas ou opte pelo pacote de três horas, pois imaginando um apartamento normal, temos quatro ambientes para trabalhar: sala, quarto, cozinha e banheiro, ou ainda sacada, ou sala de jantar. Mas em geral são quatro ambientes para quatro trocas. Gosto que a sessão tenha uma historinha, senão, fica parecendo um catálogo de lingerie.


A verdade é que a escolha da roupa diz muito da personalidade da moça. Não da personalidade definitiva, mas da fase que ela está vivendo. Quando disse que eu gosto mais do casual, é por que eu acho que a beleza natural é mais bonita de se ver, do que aquela toda montada, é a beleza e sensualidade comum, do dia a dia, de como a moça realmente é quando está em casa assistindo televisão, preparando um jantar ou descansando na cama. A grande maioria das minhas clientes e modelo tem optado por esse segmento, pois é algo mais voltado para mulheres mesmo, não é aquela beleza que homens preferem ver. Mas não tem certo ou errado, o seu estilo ditará as regras da sessão e farei de tudo para que fique incrível, do seu jeito!


Se você se animou em fazer uma sessão de fotos, me chame, no menu acima tem a opção "contato".


#roupa #producao #texto

Fernando De Santis - Todos os direitos reservados

fotografia | sensual | ensaio