BLOG

Faz parcerias?

"Faz parcerias?". Quantas vezes já fui abordado com esse tipo de pergunta e quantas vezes, no início da minha carreira, perguntei isso!? Muitas pessoas podem ficar ofendidas com esse tipo de pergunta, mas a parceria tem seu valor. Claro que você não pode ficar aceitando qualquer proposta, simplesmente por terem feito a você, é necessário ver se é uma sessão que interessa a todos os lados e depois, combinar todos os detalhes.

Para fotógrafos novos, principalmente da área do sensual, a parceria é uma grande ferramenta de início de portfólio. Uma coisa é você fotografar casais, oferecer seu trabalho, mesmo sem te conhecerem, e aceitarem. Outra coisa é convidar alguém para fazer fotos nua ou semi nua, sem você ter material para mostrar... a modelo pode ficar desconfiada. Sempre digo que uma prática comum é procurar suas amigas e contar que está começando uma carreira, e precisa fazer fotos para compor um portfólio. Sua amiga confiará em você (afinal, é sua amiga!) e certamente poderá fazer esse favor, desde que interesse a ela também. Como fotógrafo você receberá muitas propostas de parcerias, procure filtrar e não aceitar qualquer coisa. É muito importante sempre estar atuando, fotografando, colocando material para que novas pessoas conheçam seu trabalho, então procure analisar as propostas.

Uma moça que tem uns 50 mil seguidores pode ser tentador. Mas e se desses 50 mil seguidores, apenas 20% forem mulheres e 80% homens? Você acertará poucas clientes em potencial e provavelmente encherá seu perfil de seguidores homens, que pode ser que não seja do seu interesse. Ao passo que às vezes uma moça com muitas amigas, com fotos rodeada de amigas e com mil seguidores, pode te dar um retorno muito maior! Então quando for avaliar uma parceria, não fique tão iludido com os números de seguidores, pense antes de tudo, quem você quer atingir com essa parceria.

Claro que parcerias também podem ser feitas com o intuito artístico, então números, seguidores, nada indicam. Você pode encontrar uma moça com 200 seguidores, mas o perfil dela físico e ou artístico te interessarem e você pode propor uma parceria. O importante é sempre pensar no momento em que for propor uma parceria ou receber uma proposta, sendo fotógrafo ou modelo, é pensar: "essa parceria agregará valor para a minha pessoa e para a outra pessoa? Consigo oferecer algo tanto quanto a outra pessoa me oferecerá?".

Parcerias são ações de duas mãos. Não adianta abordar um fotógrafo que você goste, pedir parceria, e ficar chateada quando receber uma resposta negativa. Muitas vezes a culpa não é da aparência ou da quantidade de seguidores. O fotógrafo pode ter agenda restrita ou não aceita parcerias de forma alguma (eu costumo convidar, raramente aceito proposta de parceria) ou então, simplesmente o seu perfil não encaixa com o dele.

Uma vez firmada a parceria, combine todos os detalhes antes da sessão de fotos para ninguém sair perdendo. E faça um contrato!

- Quem fará a locação do apartamento para as fotos; - Quem pagará; - Arrecade o dinheiro ANTES; - Quantas horas de sessão; - Qual a quantidade de material será entregue; - Quando esse material será entregue; - De que forma esse material será entregue; - Quais fotos do set poderão ser utilizadas (normalmente todas); - Qual tipo de fotos serão feitas: Nu, semi nu, book; - Quantas pessoas poderão acompanhar a sessão; - Quem fará a maquiagem e quem pagará; - Quem fará o cabelo e quem pagará; - Quem pagará a condução e alimentos;

- Quando será feito, horário, data, se a modelo já deve chegar pronta ou se arrumar no set.

Combine todos esses detalhes, e se possível, coloque no contrato e continuem um lembrando ao outro da sessão até o dia, para não rolar eventuais "esquecimentos". Furar uma parceria pode te queimar no meio fotográfico, seja como fotógrafo ou modelo, então cumpra com a sua palavra e com o combinado. Modelos conversam entrem sim, comentam se o fotógrafo é respeitador, pontual, ou se fura parceria... e fotógrafos também conversam entre si. Uma sessão de fotos gera muita expectativa, gastos de dinheiro e tempo e precisa ser respeitado tudo que fora combinado. Claro que imprevistos costumam acontecer. Caso você não consiga comparecer a uma parceria, por algum problema de força maior, tenha a delicadeza de ressarcir a outra parte, pois afinal, é o que você gostaria que fizessem com você também.

Fernando De Santis - Todos os direitos reservados

fotografia | sensual | ensaio